Um amor chamado L’Occitane e a linha best seller Karité, que ganha novos produtos.

sexta-feira, 26 de julho de 2019

 Imagem: Divulgação

Já declarei meu amor por essa linha nos primórdios do blog, aqui e no comecinho do meu insta, aqui. E pela L'Occitane falando do sabonete mais cheiroso do mundo em um dos posts mais acessados daqui!

Isso tudo para dizer que a linha Karité está mais completa e se você ainda não se apaixonou, passa em uma loja, sente a fragrância maravilhosa (sem falar no poder de hidratação) e depois volta aqui para me agradecer! ;)

Karité, uma das linhas mais icônicas da L’Occitane en Provence, ganha novos produtos para hidratar e ajudar a nutrir o rosto, unhas, lábios e pés. Todos os produtos da rotina têm como ingrediente principal a manteiga de karité, mundialmente conhecida pela sua incrível capacidade de ajudar a nutrir e proteger a pele contra o ressecamento. 
 
Entre as novidades da linha Karité, o Creme de Pés Nutrição Karité traz 25% de manteiga de karité para ajudar a reduzir visivelmente a aspereza da pele e proteger contra o ressecamento*. O Óleo Para Nutrição de Unhas e Cutículas Karité agora conta com uma nova embalagem dourada e ganha a edição limitada Rosas, que além de ajudar a amaciar as cutículas e fortalecer as unhas* contém 30% da poderosa manteiga e perfuma com a delicada fragrância de rosas.

Para a rotina do rosto, o Creme Facial Hidratante Karité contém FPS 15 e 5% de manteiga de karité, hidrata** e ajuda a proteger a pele do rosto contra as agressões diárias* (raios UV, poluição, ar condicionado e mudanças de temperatura) e é indicado para todos os tipos de pele. Com filtro solar, o Bálsamo Labial Karité FPS 30 é o aliado dos lábios em todas as estações do ano, ajudando a nutrir*** e amaciá-los*.

O Creme de Mãos Nutrição Karité, formulado com 25% de manteiga de Karité, ganha nova volumetria, de 50ml, ideal para levar na bolsa. O produto envolve a pele em um filme protetor*, ajudando a proteger a pele contra as agressões ambientais como frio e ar condicionado*. 
A manteiga de karité é um ingrediente de beleza natural usado pelas mulheres da África Subsaariana. Desde a década de 1980, a L’Occitane en Provence mantém uma parceria sustentável de comércio justo com as mulheres de Burkina Faso que a produzem. Para perpetuar esta história com as mulheres deste país, a Fundação L’OCCITANE se envolve em projetos de empreendedorismo feminino, apoiando programas de alfabetização, capacitação e microcrédito, assim como o desenvolvimento de empresas fundadas por mulheres. A noz de karité é colhida e moída, transformada em uma rica manteiga vegetal, oferecendo diversos benefícios à pele.

Os novos produtos da linha Karité estão disponíveis nas lojas físicas da L’Occitane en Provence e no e-commerce da marca
*Teste em uso
**Teste instrumental
***Teste clínico

Lançamentos Karité: 
Imagem: Divulgação

Creme de Mãos Nutrição Karité 150ml - R$ 189,00 | 50ml - R$ 99,00
Com alta concentração de manteiga de Karité (25%), o Creme de Mãos Nutrição Karité ajuda a nutrir e amaciar as mãos secas a muito secas*. Com textura de bálsamo ultra rica, agradável e fácil de aplicar*, ajuda a suavizar imediatamente as mãos secas a muito secas*. Sua fórmula exclusiva ajuda a proporcionar nutrição** e envolver a pele em um filme protetor*, para ajudar a proteger contra as agressões ambientais (como o frio, o ar condicionado, entre outros)*. Usado diariamente, ajuda a proteger as mãos contra o ressecamento.
*Teste em uso
**Teste clínico

 Imagem: Divulgação

Creme de Pés Nutrição Karité 150ml - R$ 192,00
Com alta concentração de manteiga de karité (25%), este creme de pés ajuda a nutrir intensamente a pele*. Contendo D-Pantenol, condicionante da pele e alantoína, protetor da pele, ajuda a proteger contra o ressecamento. Utilizado diariamente durante um mês, ajuda a reduzir visivelmente a aspereza e proteger contra o ressecamento*. Sua textura de bálsamo ultra rica e agradável*, penetra rapidamente*, ajudando a deixar a pele macia*, mais flexível* e sem a sensação de filme pegajoso na pele*.
*Teste de consumo realizado com 34 voluntárias durante 4 semanas.

 Imagem: Divulgação

Óleo Para Nutrição de Unhas e Cutículas Karité 7,5ml - R$ 99,00
Com alta concentração de manteiga de karité (30%), o Óleo para Nutrição de Unhas e Cutículas Karité ajuda a amaciar as cutículas e fortalecer as unhas*, com um pincel embutido na bisnaga para uma aplicação fácil e rápida.
*Teste de consumo realizado com 26 voluntárias durante 4 semanas.


  Imagem: Divulgação

Óleo Para Nutrição de Unhas e Cutículas Karité Rosa 7,5ml - R$ 99,00
Com alta concentração de manteiga de karité (30%), o Óleo para Nutrição de Unhas e Cutículas Karité Rosa, em edição limitada, ajuda a amaciar as cutículas e fortalecer as unhas*, além de perfumá-las com uma delicada fragrância de rosas. Com um pincel embutido na bisnaga para uma aplicação fácil e rápida.
*Teste de consumo realizado com 26 voluntárias durante 4 semanas.
 

 Imagem: Divulgação
Creme Facial Hidratante Karité 50ml - R$ 235,00
Este Creme Facial Hidratante proporciona hidratação**, conforto* e ajuda a proteger a pele contra as agressões diárias principalmente as relacionadas à vida na cidade (raios UV, poluição, ar condicionado e mudanças de temperatura)*. É indicado para todos os tipos de pele, incluindo peles sensíveis*.
*Teste em uso realizado com 31 voluntárias durante 28 dias.
**Teste Instrumental 
 Imagem: Divulgação

ESTE PRODUTO NÃO É UM PROTETOR SOLAR 
Bálsamo Labial Karité FPS 30 12ml - R$ 40,00
Com manteiga de karité (5%), este Bálsamo Labial Karité FPS 30 ajuda a nutrir e amaciar os lábios secos*, enquanto protege também contra os raios UV por conter FPS 30. Ele proporciona uma sensação de conforto* e a delicada fragrância floral frutada de karité. É o aliado perfeito nos dias frios e ensolarados.
*Teste de consumo realizado com 31 voluntárias durante 4 semanas.
ESTE PRODUTO NÃO É UM PROTETOR SOLAR

SAC L’Occitane en Provence
0800 171 272 | https://br.loccitane.com/ 

Via Assessoria

Mais alguém apaixonado por essa linha por ai?

Mostra Gratuita de Cinema Tim Burton no CCBB Brasília

segunda-feira, 15 de julho de 2019

 Imagem: Reprodução CCBB

O CCBB de Brasília irá realizar a "Mostra Tim Burton de Cinema" dos dias 12/07 a 11/08 em conjunto com a exposição"A Beleza Sombria dos Monstros: 10 anos de A arte de Tim Burton" que está acontecendo desde o dia 28/05.
Aproveitando essa temporada em Brasília, vou tentar visitar a mostra desse diretor que sou apaixonada! Mas a de filmes vai ter que ficar para outra oportunidade.
Sobre a mostra:

A mostra gratuita acontece paralela à exposição “A beleza sombria dos montros: 10 anos de A arte de Tim Burton” e traz uma retrospectiva de filmes relacionados à carreira de um dos cineastas mais renomados da atualidade, que tem como marca o estranho, o bizarro, o sombrio e o surreal.

Serão exibidos diversos filmes com um expressionismo único dirigidos pela mente fantástica do cineasta que proporcionam uma imersão no mundo do imaginário, além de filmes que inspiraram e serviram como referência para o seu trabalho totalizando 40 títulos, dentre eles filmes premiados como Sweeney Todd: O barbeiro demôniaco da rua Fleet e A noiva cadáver.

Sobre o cineasta
Nasceu em Burbank, sul da Califórnia, em 1958. Quando jovem combatia a solidão assistindo filmes de terror e desenhando os monstros de sua imaginação. Em 1976 Ingressou no California Institute of the Art.
Foi contratado pela The Walt Disney Company, em 1979, onde dirigiu seus primeiros longas: “As Grandes Aventuras de Pee-Wee” (1985), “Os Fantasmas se Divertem” (1988) e “Batman” (1989), filmes que ganharam destaque no cinema. Mas foi por meio do grande sucesso “Edward Mãos de Tesoura” (1990), estrelado por Johnny Depp, que o cineasta consolidou sua marca. Nos anos 2000 dirigiu clássicos como: “Planeta dos Macacos” (2001) , A Fantástica Fábrica de Chocolate”(2005), “A noiva-Cadáver“ (2004) e “Alice no País das Maravilhas” (2010).
Além do cinema, também dirigiu trabalhos para a TV, como “Aladim e a Lâmpada Maravilhosa” (1984) e “Alfred Hitchcock Presents: The Jar” (1986). Também dirigiu o videoclipe de Bones (2006), da banda The Killers e foi autor do livro ilustrado “O Triste Fim do Pequeno Menino Ostra e Outras Histórias”, publicado em 1997.

Programação
12/07 – Sexta
16h – As grandes aventuras de Pee-Wee
18h – Os fantasmas se divertem
19h40 – Debate

13/07 – Sábado
14h – O lar das crianças peculiares (dublado)
16h30 – Batman (1989)
19h – Batman: O retorno

14/07 – Domingo
14h – Alice no país das maravilhas (dublado)
16h30 – Frankenweenie (curta-metragem) + João e Maria
18h – A lenda do cavaleiro sem cabeça

16/07 – Terça
15h – Vicent (curta-metragem) + O solar maldito
17h – Black Sunday – A máscara de satã
19h – Sweeney Todd – O barbeiro demoníaco da rua Fleet

17/07 – Quarta
14h – Planeta dos macacos (2001)
16h30 – A fantástica fábrica de chocolate (2005)
19h – Peixe grande e suas histórias maravilhosas

18/07 – Quinta
15h – O cérebro que não queria morrer (1962)
17h – A guerra dos mundos (1953)
19h – Marte ataca

19/07 – Sexta
11h – Master Class
17h – Plano 9 do espaço sideral
19h – Ed Wood

20/07 – Sábado
15h – Aladim e a lâmpada maravilhosa (dublado)
16h30 – Jasão e os argonautas (1963)
19h – O estranho mundo de Jack

21/07 – Domingo
14h – Frankenweenie (dublado)
16h – Frankenstein (1931)
17h40 – A noiva de Frankenstein
19h20 – Sweeney Todd – O barbeiro demoníaco da rua Fleet

23/07 – Terça
16h30 - O lar das crianças peculiares
19h – Grandes Olhos

24/07 – Quarta
17h – A pequena loja dos horrores (1960)
19h – Alice no país das maravilhas

25/07 – Quinta
16h – O gabinete do Dr. Caligari
18h – Vicent (curta metragem) + Edward mãos de tesoura
20h - Palestra

26/07 – Sexta
17h - Drácula (1931)
19h – Sombras da noite

27/07 – Sábado
14h30 – A noiva cadáver (dublado)
16h30 – Batman: O retorno
19h – Batman (1989)

28/07 – Domingo
14h – Dumbo (2019) (dublado)
16h30 – Planeta dos macacos (2001)
19h – Marte ataca

30/07 – Terça
15h – As grandes aventuras de Pee-Wee
17h – Peixe grande e suas histórias maravilhosas
19h30 – Palestra

31/07 – Quarta
14h30 – Grandes Olhos
17h – O corvo (1963)
19h – Edward mãos de tesoura (dublado com Audiodescrição e Legenda Descritiva)

01/08 – Quinta
16h – O túmulo sinistro
17h40 – A lenda do cavaleiro sem cabeça
19h40 – Debate

02/08 – Sexta
15h – Ed Wood

03/08 – Sábado
11h – Master Class

04/08 – Domingo
15h – A fantástica fábrica de chocolate (2005) (dublado)

06/08 – Terça
16h – Frankenweenie
18h – A noiva cadáver
19h30 – Palestra

07/08 – Quarta
14h – No domínio do terror
16h30 – Drácula – O vampiro da noite (1958)
18h30 – Sombras da noite

08/08 – Quinta
14h A lenda do cavaleiro sem cabeça (dublado com Audiodescrição e Legenda Descritiva)
16h30 A casa dos maus espíritos
18h30 Batman (1989) (dublado com Audiodescrição e Legenda Descritiva)

09/08 – Sexta
14h Palestra
15h30 Frankenweenie + Aladim e a lâmpada maravilhosa + João e Maria
18h30 Edward mãos de tesoura

10/08 – Sábado
Sem programação

11/08 – Domingo
14h O estranho mundo de Jack (dublado)
16h Dumbo (2019)
18h30 Os fantasmas se divertem

Sinopses
Imagem: Reprodução
As Grandes Aventuras de Pee-Wee (1985) – 91 min – livre
Diretor: Tim Burton
O esquisitão Pee-Wee é uma criança presa no corpo de um homem, que acaba embarcando na maior aventura da sua vida quando parte em busca do seu bem mais precioso: sua bicicleta. Ela, que fora roubada em plena luz do dia, desapareceu na imensidão dos Estados Unidos, e Pee-Wee vai percorrer o país para tentar achá-la. No meio do caminho ele se depara com pessoas e situações bizarras. Motoqueiros, um caminhão fantasma, um cowboy, uma garçonete sonhadora e seu namorado invejoso. Tudo isso cruza o caminho de Pee-Wee, que no final descobrirá o improvável lugar onde estava sua amada bicicleta.

Imagem: Reprodução
Os Fantasmas se Divertem (1988)– 92 min – livre
Diretor: Tim Burton
Após morrerem quando o carro deles cai em um rio, Barbara e Adam Maitland se veem como fantasmas que não podem sair da sua casa de campo na Nova Inglaterra, pois antes que possam ganhar suas asas têm que ocupar a casa como fantasmas pelos próximos cinqüenta anos. A paz é rompida quando Charles e Delia Deitz, um casal de novos-ricos, compra a casa. Mas os Maitland são inofensivos como fantasmas e os esforços para espantar os novos proprietários são em vão. E se o casal não fica apavorado, LydiaDeitz, a excêntrica e dark filha deles, pode ver e falar com Barbara e Adam, que contratam os serviços de um tal Beetlejuice para assustar os moradores.

 Imagem: Reprodução
Batman (1989) – 126 min – 12 anos
Diretor: Tim Burton
Em Gotham City o milionário Bruce Wayne, que quando jovem teve os pais assassinados por bandidos, resolve combater o crime como Batman, o Homem-Morcego. Mas chega o dia em que o vilão Coringa decide dominar a cidade e se torna um grande desafio para o super-herói.

 Imagem: Reprodução
Edward Mãos de Tesoura (1990) – 105 min – 14 anos
Diretor: Tim Burton
Peg Boggs é uma vendedora da Avon que acidentalmente descobre Edward, jovem que mora sozinho em um castelo no topo de uma montanha, criado por um inventor que morreu antes de dar mãos ao estranho ser, que possui apenas enormes lâminas no lugar delas. Isto o impede de poder se aproximar dos humanos, a não ser para criar revolucionários cortes de cabelos, mas ele dá vazão à sua solidão interior ao podar a vegetação em forma de figuras ou esculpir lindas imagens no gelo. No entanto, Edward é vítima da sua inocência e se é amado por uns, é perseguido e usado por outros.

 Imagem: Reprodução
Batman: O Retorno (1992) – 126 min – 12 anos
Diretor: Tim Burton
Com o objetivo de manipular Gotham City, um milionário tenta transformar Pinguim, um ser deformado que tinha sido abandonado ainda bebê nos esgotos, em prefeito da cidade. Como se isto não bastasse, surge a Mulher-Gato que, apesar de ser linda e sedutora, também tem dupla personalidade.

 Imagem: Reprodução
Ed Wood (1994) – 126 min – 14 anos
Diretor: Tim Burton
Um retrato exótico da vida de Ed Wood, com relatos focados nos anos 50, quando o diretor se envolveu com um bando de atores desajustados, incluindo um Béla Lugosi em fim de carreira. Durante esta época, ele produziu filmes de péssima qualidade, que o fizeram passar para a história como o pior diretor de todos os tempos.

 Imagem: Reprodução
Marte Ataca (1996) – 106 min – 14 anos
Diretor: Tim Burton
Os marcianos invadem nosso planeta, matando e destruindo tudo no caminho, pois acham bem divertido e querem transformar a Terra em um “parque de diversões”. Se ninguém achar uma maneira de detê-los, a raça humana está condenada ao extermínio.

 Imagem: Reprodução
A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça (1999) – 105 min – 18 anos
Diretor: Tim Burton
Em 1799, uma série de crimes envolvendo inocentes acontece no pequeno vilarejo de Sleepy Hollow. Para investigar o caso é chamado o detetive nova-iorquino Ichabod Crane, um excêntrico e determinado oficial de polícia com um jeito avant-garde de solucionar crimes. Os métodos investigativos de Ichabod serão postos à prova neste caso, que envolve um ser sobrenatural que pode ser o causador de todos os crimes.

 Imagem: Reprodução
Planeta dos Macacos (2001) – 129 min – 12 anos
Diretor: Tim Burton
Após sua espaçonave sofrer um acidente, Leo Davidson chega em um planeta estranho e primitivo, onde os humanos migalham por sua subsistência, são caçados e escravizados por primatas tiranos, que formam o poder local. Sem concordar com a opressão imposta à raça humana, Leo logo se torna uma séria ameaça ao status quo local e dá início a uma revolução social no planeta.

 Imagem: Reprodução
Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas (2003) – 125 min – Livre
Diretor: Tim Burton
Ed Bloom é um grande contador de histórias. Quando jovem, Ed saiu de sua pequena cidade-natal, no Alabama, para realizar uma volta ao mundo. A diversão predileta de Ed, já velho, é contar sobre as aventuras que viveu neste período, mesclando realidade com fantasia. As histórias fascinam todos que as ouvem, com exceção de Will, filho de Ed. Até que Sandra, mãe de Will, tenta aproximar pai e filho, o que faz com que Ed enfim tenha que separar a ficção da realidade de suas histórias.

 Imagem: Reprodução
A Fantástica Fábrica de Chocolate (2005) – 115 min – Livre
Diretor: Tim Burton
Willy Wonka é o excêntrico dono da maior fábrica de doces do planeta, que decide realizar um concurso mundial para escolher um herdeiro para seu império. Cinco crianças de sorte, entre elas Charlie Bucket, encontram um convite dourado em barras de chocolate Wonka e com isso ganham uma visita guiada pela lendária fábrica de chocolate, que não era visitada por ninguém há 15 anos. Encantado com as maravilhas da fábrica, Charlie fica cada vez mais fascinado com a visita.

 Imagem: Reprodução
A Noiva Cadáver (2005) – 78 min – Livre
Diretor: Tim Burton
Em um vilarejo europeu do século XIX vive Victor Van Dorst, um jovem que está prestes a se casar com Victoria Everglot. Porém acidentalmente Victor se casa com a Noiva-Cadáver, que o leva para conhecer a Terra dos Mortos. Desejando desfazer o ocorrido para poder enfim se casar com Victoria, aos poucos Victor percebe que a Terra dos Mortos é bem mais animada do que o meio vitoriano em que nasceu e cresceu.

 Imagem: Reprodução
Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet (2007) – 116 min – 16 anos
Diretor: Tim Burton
Benjamin Barker passou 15 anos afastado de Londres, após ser obrigado a deixar sua esposa e sua filha. Ele retorna à cidade ávido por vingança, usando a alcunha de Sweeney Todd. Logo que chega, decide ir à sua antiga barbearia, agora transformada em uma loja de fachada para vender as tortas feitas pela sra. Lovett. Com o apoio dela, Todd volta a trabalhar como barbeiro, numa sala acima da loja. Porém, seu grande objetivo é se vingar do juiz Turpin, que o enviou para a Austrália sob falsas acusações, para que pudesse roubar sua mulher Lucy e sua filha.

 Imagem: Reprodução
Alice no País das Maravilhas (2010) – 109 min – 12 anos
Diretor: Tim Burton
Alice é uma jovem de 17 anos que passa a seguir um coelho branco apressado, que sempre olha no relógio. Ela entra em um buraco que a leva ao País das Maravilhas, um local onde esteve há dez anos, apesar de nada se lembrar dele. Lá ela é recepcionada pelo Chapeleiro Maluco e passa a lidar com seres fantásticos e mágicos, além da ira da poderosa Rainha de Copas.

 Imagem: Reprodução
Sombras da Noite (2012) – 113 min – 14 anos
Diretor: Tim Burton
Joshua e Naomi Collins deixam a cidade inglesa de Liverpool juntamente com o filho, Barnabás, rumo aos Estados Unidos. A intenção deles era escapar de uma terrível maldição que atingiu a família. Vinte anos depois, Barnabás é um playboy inveterado que tem a cidade de Collinsport aos seus pés. Após seduzir e partir o coração de Angelique Bouchard, sem saber que era uma bruxa, ele é transformado em vampiro e preso numa tumba por dois séculos.

 Imagem: Reprodução
Frankenweenie (2012) – 87 min – 10 anos
Diretor: Tim Burton
Victor adora fazer filmes caseiros de terror, quase sempre estrelados por seu cachorro Sparky. Quando o cão morre atropelado, Victor fica triste e inconformado. Inspirado por uma aula de ciências que teve na escola, na qual um professor mostra ser possível estimular os movimentos através da eletricidade, ele constrói uma máquina para reviver Sparky. O experimento dá certo, mas o que Victor não esperava era que seu melhor amigo voltasse com hábitos um pouco diferentes.

 Imagem: Reprodução
Grandes Olhos (2016) – 106 min – 10 anos
Diretor: Tim Burton
O drama apresenta a história real da pintora Margaret Keane, uma das artistas mais comercialmente rentáveis dos anos 1950, graças aos seus retratos de crianças com olhos grandes e assustadores. Defensora das causas feministas, ela teve que lutar contra o próprio marido no tribunal, já que o também pintor Walter Keane afirmava ser o verdadeiro autor de suas obras.

 Imagem: Reprodução
O Lar das Crianças Peculiares (2016) – 127 min – 12 anos
Diretor: Tim Burton
Após a estranha morte de seu avô, o jovem Jake parte com seu pai para o País de Gales. Lá ele pretende encontrar a srta. Peregrine, atendendo ao último pedido do avô, que lhe disse que “ela contará tudo”. Só que, ao chegar, constata que o local onde ela viveria é uma mansão em ruínas, que foi atingida por um míssil durante a Segunda Guerra Mundial. Ao investigar a área, Jake descobre que ali há uma fenda temporal, onde a srta. Peregrine vive e protege várias crianças dotadas de poderes especiais.
 Imagem: Reprodução
Dumbo (2019) – 128 min – 10 anos
Diretor: Tim Burton
Elenco: Colin Farrel, Eva Green, Michael Keaton, Danny Devito
Ex-astro de circo retorna da guerra e dá de cara com um mundo em dificuldades. Seu circo atravessa uma fase financeira complicada e ele acaba encarregado de cuidar de um filhote de elefante, cujas orelhas chamam a atenção de todo mundo pelo seu tamanho descomunal. O que ele não imagina é que aquelas grandes orelhas, servem para fazer o elefantinho… Voar! Quem sabe assim o circo não possa ser salvo? Remake do desenho animado de mesmo nome realizado pela Disney em 1941.

Direção – curtas
Frankenweenie (1984) – 30 min – livre
Diretor: Tim Burton
O garoto Viktor tem o costume de fazer vídeos amadores envolvendo monstros, usando seu cachorro Sparky como uma das estrelas principais. Quando Sparky morre, após ser atingido por um carro, Viktor resolve trazê-lo de volta à vida da única maneira que conhece, seguindo o livro “Frankenstein”, de Mary Shelley. Seu experimento é bem-sucedido, só que Sparky passa a aterrorizar os vizinhos do garoto.

Vincent (1982) – 6 min – livre
Diretor: Tim Burton
Este filme retrata a infância do jovem excêntrico Vincent Malloy, e reflete um pouco da infância do realizador do filme e a sua admiração por Vincent Price, que influenciou muito seu estilo.
Direção – televisão

Teatro dos Contos de Fadas: Aladdin e a Lâmpada Maravilhosa (1982) – 48 min – livre
Diretor: Tim Burton
Um rapaz comum chamado Aladdin tem grandes sonhos, os quais transforma em realidade. 22º episódio da célebre série “Teatro dos contos de fadas”, idealizada por Shelley Duvall para a TV norte-americana.

João e Maria(1982) – 37 min – livre
Direção: Tim Burton
Combina atores reais e animação stop motion. Um casal de irmãos é deixado na floresta por sua madrasta má e chega a uma casinha feita de doces, que na verdade é a residência de uma bruxa perversa que deseja devorá-los. Conto de fadas pertencente à tradição oral, coletado pelos Irmãos Grimm e readaptado por Tim Burton para o canal a cabo Disney.

Produtor
O Estranho Mundo de Jack (1993) – 77 min – Livre
Diretor: Tim Burton
Jack Skellington é um ser fantástico que vive na Cidade do Halloween, um local cercado por criaturas fantásticas. Lá todos passam o ano organizando a festa de Halloween do ano seguinte. Após mais um Halloween, Jack se mostra cansado de fazer aquilo todos os anos. Assim, ele deixa os limites da Cidade do Halloween e vagueia pela floresta, onde por acaso acha alguns portais, sendo que cada um leva até um tipo festividade. Jack acaba atravessando o portal do Natal, onde vê demonstrações do espírito natalino.

Extras: filmes-referência
Plano 9 do Espaço Sideral (1959) – 78 min – 16 anos
Diretor: Ed Wood
Uma dupla de alienígenas que estava irritada com as “estúpidas mentes” do planeta Terra faz sua base em um cemitério da Califórnia, pois planejavam através do “Plano 9″, que se refere a um eletrodo de longa distância que é colocado nas glândulas pineal e pituitária dos mortos, criar um exército de zumbis que marchassem para conquistar as capitais do mundo. O fato de ressuscitarem só três mortos não os desencoraja. Jeff Trent, um piloto de uma linha aérea que vive perto do cemitério precisa salvar sua mulher destes seres.

O Gabinete do Dr. Caligari(1920) – 77 min – 16 anos
Diretor: Robert Wiene
Francis e o amigo Alan visitam o gabinete do Doutor Caligari, onde conhecem Cesare, um homem sonâmbulo que diz a Alan que ele morrerá. Assim acontece e Alan acorda morto no dia seguinte, o que faz com que Francis suspeite de Cesare. Francis então começa a espionar o que o sonâmbulo faz com a ajuda da polícia. Para descobrir todos os mistérios, Francis acredita só haver uma solução: adentrar no misterioso gabinete do Doutor Caligari.

Drácula – O Vampiro da Noite (1958) – 82 min – 16 anos
Diretor: Terence Fisher
No século XIX na Alemanha, Jonathan Harker vai até o castelo do Conde Drácula, mesmo sendo advertido por sua esposa Lucy a não ir. Ao chegar lá, é atacado por uma vampira e espera o momento em que ela e Drácula estejam dormindo em seu caixão para atacá-los. Ele enfia um punhal no peito da mulher e está prestes a fazer o mesmo com Drácula quando este acorda e o surpreende. Quando o Dr. Van Helsing, um estudioso de vampiros, chega até a cidade procurando por Harker, ele descobre que seu amigo virou um deles.

O Solar Maldito (1960) – 79 min – 14 anos
Diretor: Roger Coman
Roderick Usher acredita que sua família foi amaldiçoada com uma incurável loucura. Esta convicção o leva a tentar impedir de todas as maneiras o casamento de sua irmã Madeline com o noivo Winthrop, a fim de evitar a continuidade da herança maldita.

Black Sunday – A máscara de Satã (1960)– 87 min – 16 anos
Diretor: Mario Brava
A diabólica Princesa Asa é condenada à morte por bruxaria e vampirismo. Após 200 anos, sua cripta é encontrada acidentalmente e ela ressuscita. Com a ajuda de um servo fiel e outros seguidores, ela prepara-se para fazer mais vítimas.

O Túmulo Sinistro (1968) – 71 min – 16 anos
Diretor: Roger Coman
Anos depois de sua esposa Ligeia ter sido enterrada, Verden Fell mantém a ideia fixa de que ela ainda vai voltar. Ele conhece Rowena e os dois se casam, mas a nova esposa começa a ter sonhos que seu marido entende como recados da falecida.

No Domínio do Terror (1963) – 104 min – 16 anos
Diretor: Sidney Salkow
No primeiro conto, “O Experimento de Heidigger”, Alex Medbourne e Carl Heidigger são amigos há décadas. Carl ainda fala com profundo amor de Sylvia Ward, sua noiva que há 38 anos morreu na véspera do casamento. Na segunda história, “A Filha de Rappaccini”, o jovem Giovanni Guasconti se apaixona pela bela Beatrice, a filha de Rappaccini, um eminente cientista. Porém Giovanni só pode vê-la da varanda da sua casa, pois Beatrice não permite que ele vá até seu jardim. A razão disto é uma maléfica criação elaborada pela mente doentia de Rappaccini. Na última história, “A Casa das Sete Agulhas”, na Nova Inglaterra, em 1691, vários inocentes foram executados acusados de bruxaria. Os responsáveis foram os membros da família Pyncheon, que assim tomaram as terras dos acusados e aumentaram seu poder.

O Corvo (1963) – 86 min – 18 anos
Diretor: Roger Corman
Na noite antes de seu casamento, o músico Eric Draven e sua noiva são brutalmente assassinados por membros de uma gangue violenta do centro da cidade. No aniversário da sua morte, Eric sai de sua sepultura e assume o manto gótico do Corvo, um vingador sobrenatural, rastreando os bandidos responsáveis pelo crime que os assassinaram impiedosamente. Eric finalmente confronta o líder gangster Top Dollar para completar sua missão macabra.

Drácula (1931) – 74 min – 16 anos
Diretor: Tod Browning
Drácula é um conde vindo dos Cárpatos, que aterroriza Londres por carregar uma maldição que o obriga a beber sangue humano para sobreviver. Após transformar uma jovem em vampira, ele concentra suas atenções em uma amiga dela, mas o pai da próxima vítima se chama Van Helsing, um cientista holandês especialista em vampiros que pode acabar com seu reinado de terror.

Frankenstein (1931) – 70 min – 12 anos
Diretor: James Whale
Henry Frankenstein, um cientista louco, vagueia à noite pelo cemitério na companhia de Fritz, um anão corcunda que é seu assistente. Frankenstein procura mortos e costura partes de diversos cadáveres para fazer um único homem, mas para “dar” a vida a este ser monstruoso um cérebro é necessário. Assim, ele manda Fritz para o departamento médico de uma universidade próxima, onde o corcunda esquadrinha vários jarros nos quais foram mantidos cérebros vivos para estudos.

A Noiva de Frankenstein (1935)– 75 min – livre
Diretor: James Whale
Dr. Frankenstein e seu monstro retornam, pois não estavam mortos como inicialmente se acreditava. O pesquisador planeja parar suas demoníacas experiências, mas quando um cientista louco sequestra sua esposa, ele concorda em ajudá-lo em criar uma nova criatura, uma mulher, para ser companheira do monstro.

A Casa dos Maus Espíritos (1959) – 75 min – 12 anos
Diretor: William Castle
Um excêntrico milionário organiza uma reunião entre pessoas que não se conhecem, em uma mansão alugada. A casa, em teoria, é mal-assombrada e o anfitrião vai dar dez mil dólares a cada um dos que passem a noite com ele.

A Pequena Loja dos Horrores (1960) – 72 min – 14 anos
Diretor: Roger Corman
O submisso ajudante de floricultura Seymour é apaixonado pela colega de trabalho Audrey. Durante um eclipse, ele descobre uma planta incomum e a batiza de Audrey II. A planta, que se alimenta apenas de carne e sangue humanos, atrai muitos clientes para a loja em dificuldades. Seymour alimenta a planta com o corpo do namorado de Audrey, que morreu acidentalmente, e precisa conseguir mais cadáveres para a planta cada vez mais sedenta.

A Guerra dos Mundos (1953) – 85 min – livre
Diretor: Byron Haskin
Um locutor de rádio explica como as armas de guerra ficaram mais poderosas, destrutivas e mortais durante o século XX. O locutor fala sobre como os habitantes de Marte tiveram que abandonar o mundo deles, que está morrendo, e procurar um lugar novo para viver. Em uma pequena cidade da Califórnia, Linda Rosa, os habitantes ficam excitados quando um flamejante meteoro aterrissa nas colinas, fazendo Clayton Forrester, um cientista, chegar ao lugar acompanhado de dois outros cientistas para investigar o acontecido. Uma pequena multidão se formou no local, que inclui Sylvia Van Buren.

Jasão e os Argonautas (1963) – 104 min – 12 anos
Diretor: Don Chaffey
Baseado na Mitologia Grega, o filme conta a história de Jasão, que após retornar para sua casa de uma viagem de 20 anos, deve encontrar um mágico velo de ouro para reconquistar seu trono. Assim, ele lidera uma equipe, que inclui o heroico Hércules, para ir atrás do artefato, enfrentando perigos enormes como um gigante feito de bronze. Destaque para os efeitos visuais criados por Ray Harryhausen.

O cérebro que não Queria Morrer (1962) – 82 min – 12 anos
Diretor: Joseph Green
Um jovem cirurgião, Dr. Bill Cortner, faz experiências secretas em seu laboratório numa casa de campo, com o objetivo de conseguir sucesso no transplante de membros humanos, utilizando um soro especialmente desenvolvido para evitar a rejeição. Quando ocorre um grave acidente de carro que vitimou sua noiva Jan Compton, ele consegue recuperar apenas sua cabeça dos escombros em chamas e decide mantê-la viva em seu laboratório, repousando-a numa bandeja com o soro. Agora, o desafio do cientista é encontrar um corpo de uma bela mulher, sem chamar a atenção da polícia, para tentar uma cirurgia de transplante na cabeça da noiva.

Serviços:
Entrada gratuita com retirada de ingresso 1h antes da sessão
Confira a classificação indicativa.

Fonte: CCBB

Saiba como harmonizar cerveja com hambúrguer.

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Pão, carne e queijo. Esses três ingredientes parecem muito simples, mas podem fazer a diferença no humor da pessoa que os consome juntos. Às vezes, o hambúrguer possui mais complementos, como saladas, bacon e derivados, mas a combinação nunca desaponta. Para acompanhar essa iguaria, nada melhor que uma breja para harmonizar, não é mesmo?
Beeer Sommelier Eduardo Meira dá dicas certeiras na hora da combinação
Stout Burguer/Reprodução

O Beer Sommelier Eduardo Meira, à frente do Beer Club, diz que existem três tipos de harmonização. "A harmonização por complementação se dá quando a comida e a bebida combinam, já por oposição é quando os sabores se chocam, não necessariamente causando uma sensação ruim. A harmonização por corte ocorre quando a bebida limpa o paladar do alimento que foi ingerido anteriormente", explica Meira.

 Cerveja Petroleum /Reprodução

De acordo com o sommelier, quanto mais gordurosa a carne, mais teor alcoólico deve ter a cerveja. "A harmonização de cerveja com hambúrguer vai depender da proteína do hambúrguer. Se ele possui uma carne de boi mais gordurosa vale a pena investir em cervejas mais alcoólicas. O álcool vai quebrar as moléculas de gordura, valorizando o sabor da carne. Para esse tipo de combinação, eu sugiro uma boa IPA", destaca o especialista.

Para carnes brancas, o Beer Sommelier recomenda cervejas mais leves. "Recomendo uma lager para hambúrgueres de frango ou peixe. Cervejas mais leves são o ideal para esse tipo de proteína, já que são carnes mais sutis. Na minha opinião, a belga Hoegaarden e a americana Blue Moon são as melhores combinações para esse tipo de carne ", explica Edu.

Cerveja Hoegaarden / Reprodução

Meira também fala que muitos hamburguerias estão apostando em opções mais exóticas e artesanais. "Temos situações mais exóticas, como é o caso no nosso Stout Burguer (R$ 38), que possui pão escuro com malte de Cerveja Stout e molho de Cerveja Stout. Dessa forma, com o hambúrguer tendo um gosto mais forte, a sugestão está nas cervejas escuras, como é o caso da RIS Petroleum. Para hambúrgueres com bacon, as cervejas defumadas, como a Rauchbier, são boas opções", conclui o Beer Sommelier.

Serviço:
Beer Club Brasília
Onde: CLS 403 Bl.D Loja 28 – Asa Sul
Horário de Funcionamento: 12h às 1h
Telefone: (61) 3254-6222

Via Assessoria